Miguel

Miguel

Desconhecido 03/10/2019

Miguel veio até nós muito ferido física e emocionalmente, mas o coração dos animais é grande demais, quase que tão rápido quanto as feridas do corpo ele curou as da alma também. Ele não gostava de solidão, amava companhia, tinha uma “juba” toda especial e pés de “pantufinha”, além de cheiro de bichinho de pelúcia…

Você veio a nós precisando ser curado, mas nós é que fomos curados por você meu pequeno anjo…nos ensinou que mesmo ferido é possível amar!

Vamos sentir falta de você todos os dias de nossas vidas e esperamos que agora você esteja com suas companheirinhas Blondie e Mel a quem tanto amamos e nos fazem tanta falta.

Você foi e será sempre muito amado filho…Obrigada por ter deixado eu cuidar de você e ter recebido tanto amor em troca…

Saudade e amor eternos…