Manolo

Manolo

10/05/2010 26/07/2018

Manolindo, Manolinho, Noninho, nenezinho, nosso precioso, nossa pessoinha de 4 patinhas, algodãozinho doce, sentimos muito a sua partida, é uma dor sem palavras para expressar, todos que tiveram o privilégio de te conhecer, sempre falavam que você era muito bonzinho, mesmo nos momentos mais difíceis e dolorosos para você, demonstrava sua empatia e sua alma pura era só amor incondicional, sem medidas… em toda sua vida sempre demonstrou doçura e uma alegria contagiante, que eu costumava dizer que você “transbordava amor”, essa sua família, se sente honrada e abençoada por ter tido a oportunidade de compartilhar com você, aprendemos a verdadeira essência do amor, da aceitação das coisas e pessoas com elas são, sem usar uma única palavra, nos ensinou livros inteiros sobre amor, você foi um ser ímpar, sempre foi luz nosso amorzinho… quando você nos escolheu como sua família, nunca imaginamos que você superaria todas nossas expectativas e nos surpreenderia com sua personalidade amorosa, alegre e cativante, com sua energia e força e mesmo neste último ano de sua vida, diante de uma adversidade, uma situação muito difícil, você foi valente, nosso milagre, nosso guerreirinho… até o último dia de sua vida lutou calado e sem perder a doçura e carinho por aqueles a sua volta, que também lutavam por sua vida, você nos mostrou o que é força e aí foi descansar… Eu, sua mamãe Luiza, seus irmãozinhos Tiago, Evelyn e Evelise sentimos muita saudade, você vai fazer muita falta, nosso anjo, gratidão por você existir em nossas vidas e ter nos ensinado amor incondicional e ter nos proporcionado evoluir enquanto pessoas… Manolo, nosso amor infinito!!!

VEJA NOSSO WHAT´S!