Madona

Madona

Desconhecido 04/01/2019

Nossa Doninha foi embora agitada, como sempre foi, deixando saudades e uma lição importante a saber; não somos nós que podemos dizer quanto tempo algo vai durar… Bom ou ruim, essa decisão jamais estará em nossas mãos. Tudo é na hora em que tem que ser.

A saudade invadiu o peito e de uma maneira que parece infinita, um vazio se instalou.
O tempo cura.
Ele pode resolver isso…
E vão ficando as lembranças de um cão que ensinou, amou e seguiu para uma nova etapa no astral…

Todos os dias em que cheguei em casa, você estava lá Donilda, com seu focinho molhado e seu olhar alegre, compartilhando a luz que carrega com você.
Obrigada por todas as “conversas”, por todo o amor que você me deu.
Eu sou uma garota de sorte.

A gente segue aprendendo… Mas como diz Bráulio Bessa; ” Pro homem poder crescer precisaria nascer igualzinho aos animais.”

*** Ao meu marido, meus pais, meus sobrinhos, meu cunhado…
A um profissional sensível mas realista, e a uma empresa que tratou de um destino digno para a nossa querida e formosa Madona, muito, muito, muito obrigada. Vocês fizeram a diferença nesse dia.”

VEJA NOSSO WHAT´S!