Lili

Lili

25/02/2006 27/12/2019

Lili, Li, Liloca, Lilinha, Lilinda… Me lembro da primeira vez que te vi: a cachorrinha mais linda no meio da ninhada. As orelhas caramelo, os olhos grandes, super calminha. Eu me apaixonei logo de cara. Mal sabia que você seria uma das minhas maiores companheiras por quase 14 anos.
Só posso agradecer por ter tido você sempre por perto, em todas as tardes de estudo, noites de projeto, a melhor recepção quando eu chegava em casa! Sempre do ladinho da minha cadeira ou da minha cama.
Hoje, infelizmente, você virou estrelinha. Foi uma guerreira, desde filhotinha quando também lutou contra uma doença. Dessa vez, não teve jeito.
Tenho plena certeza que esses últimos dias foram uma despedida pertinho da gente, só pra mostrar todo o amor que você tinha por nós (e nós por você). Cada vez que acordava de manhã e via você do ladinho da minha cama, eu já sabia o quanto eu era sortuda.
Essa foto só mostra um pouquinho do quanto você foi especial e alegrou nossa casa. Todo mundo se apaixonava com o seu jeitinho.

Você foi o melhor presente que já recebi dos meus pais.

Nós te amamos muito! Descansa em paz, nossa ovelhinha do rabinho de helicóptero!

Com amor,

Marcela, Guilherme, Mirian e Marcelo. 💖🙏🏼🍀